Comunidade Nossa Senhora de Fátima – Diaconia 10

diaconia 10 - nossa senhora de fátima

Multiplicava-se consideravelmente o número dos discípulos em Jerusalém. Também grande número de sacerdotes aderia à fé. (At 6,7)”

Uma das comunidades que contribuiu bastante para a formação da nova geração de agentes pastorais na paróquia foi a Diaconia 10, Comunidade Nossa Senhora de Fátima. O processo de formação dessa diaconia teve início em 1979, quando o seu primeiro coordenador Francisco Marinheiro, juntamente com alguns agentes, realizava trabalhos pastorais como a Catequese de Primeira Eucaristia, Grupo de Perseverança, Grupo de Jovens, visitas do Dízimo e Círculo Bíblico. Trabalhavam nesta época os agentes: Francisco Marinheiro, Amílcar Soutelo da Silva, Francisco Sales Lopes Ramos, Lúcia de Souza, Antonio Nonato Lopes Ramos e Auxiliadora Cardoso de Oliveira. Comunidade atuante, a Diaconia 10 também fez despertar vocações e grandes lideranças para nossa Igreja, multiplicando o número de discípulos de Cristo na construção do Reino no bairro de Petrópolis.

Durante o período de estruturação da comunidade havia três locais utilizados para a realização das atividades pastorais: um situava-se à Rua Aristides Rocha nº 46-A, casa do casal José Bandeira e Vera Bandeira; o outro local era na Rua Gualter Batista nº 74, na casa do Sr. Adelson Ferreira e Margareth Graça Silva da Rocha e o terceiro situava-se à rua Aristides Rocha, nº 50, casa do Sr. Raimundo de Souza. Nestes locais aconteciam os encontros de ação pastoral de Catequese de Primeira Eucaristia, Perseverança, Círculo Bíblico, Grupo de Jovens e as reuniões da equipe de serviço.

Logo no início, algumas crianças que participavam da catequese em preparação à Primeira Eucaristia receberam o sacramento no quintal da casa do Sr. Bandeira, durante as celebrações realizadas por Padre Sabino. Muitas dessas crianças deram continuidade a sua formação cristã, participando da Catequese de Perseverança, Grupo de Crisma até chegar ao grupo de Jovens, que por sinal foi um marco na história da Diaconia 10.

O Grupo de Jovens JEBAM – JOVENS EM BUSCA DE ALGO MELHOR teve seu início oficialmente no dia 13 de dezembro de 1980 e sua primeira coordenadora foi a jovem Auxiliadora Cardoso de Oliveira. Em seguida Amílcar Soutelo da Silva assumiu a coordenação e adequou a experiência do grupo de jovens da cidade do interior onde morava, Barcelos, ao grupo JEBAM. Amílcar experimentou desenvolver novas idéias no grupo da diaconia e obteve uma resposta positiva. O JEBAM teve um crescimento rápido e qualitativo. Participaram inicialmente os jovens: Francisco Sales, Lúcia de Souza, Auxiliadora de Oliveira, Maria Goreth, Sebastião Bernardo, Alcimar Araújo, Alice de Souza, Cláudio, Nazaré Ribeiro entre outros.

O grupo também foi responsável por grandes iniciativas dentro da diaconia, inclusive na preparação de muitos jovens para abraçar o trabalho pastoral. Era bonito ver a união, a amizade e o crescimento dos jovens que faziam parte desse grupo. A participação em festivais de música, caminhadas missionárias, bailes, encontrões e formações era sempre marcante, pois o JEBAM se destacava por suas criações artísticas, como peças teatrais, coreografias e músicas. A alegria do grupo era tanta que contagiava outros jovens no seguimento de Jesus. O grupo desenvolvia-se num processo dinâmico, criativo e responsável e, ao longo do tempo, crescia cada vez mais dando suporte às pastorais.

No período entre os anos de 1980 e 1987, os trabalhos pastorais foram desenvolvendo-se normalmente, sendo criado um processo de rotatividade de pessoas e sofrendo algumas mudanças nas atividades. Nesse período foram coordenadores: Francisco Marinheiro, seguido por Amílcar Soutelo, que coordenava simultaneamente as Diaconias 10 e 03 (atual Diaconia 06) com a ajuda de Alcimar Araújo, que também coordenava as Diaconias 10 e 16. A parceria de Amílcar e Alcimar durou pouco tempo, pois, em seguida, Francisco Marinheiro retornou e assumiu novamente a coordenação da Diaconia 10. Neste período foram inseridos outros serviços como a Preparação para o Batismo, Exéquias e o Grupo de Crisma, trabalhos realizados pelo agente da pastoral específica ou pelo coordenador da comunidade.

Ainda nessa época, Padre Sabino determinou para cada diaconia o nome de um santo, no caso da Diaconia 10, foi escolhido o nome de São João Batista.

Continuando o processo de rotatividade dentro dos trabalhos pastorais, algumas pessoas saíram e outras entraram para a Equipe de Serviço: Rita Rocha (coordenadora do Círculo Bíblico), Marcelo Brito, Valdeneide Souza, Vilany de Souza, Guaracy Nicácio, Tavares (Pastoral do Dízimo), Lúcia de Souza, Antonio Nonato, Joaquim Hudson Ribeiro, Sâmia, Alcicléia Monteiro (Pastoral Catequética), Alice de Souza, Maria de Nazaré Ribeiro, Marinete Neves Pedrosa (Pastoral da Crisma), Adarildo Monteiro, Vandecila Miranda de Brito (Grupo de Jovens Jebam), Wemerson de Souza Ribeiro (preparação para o Batismo) e a Oração para Esperança (Exéquias), realizada por qualquer agente de pastoral.

No ano de 1998 o Sr. Francisco Marinheiro deixa a coordenação e Marinete Neves Pedrosa assume e continua até a presente data. No decorrer deste período, houve algumas mudanças e surgimento de outros trabalhos pastorais importantes na diaconia. Um fato marcante nesse período foi a mudança do padroeiro que passou de São João Batista para Nossa Senhora de Fátima. A inclusão de novas Pastorais como a Pré-Catequese, Pré-Adolescentes, a mudança do nome da Catequese de Perseverança para Pastoral do Adolescente, divisão por faixa etária, Pastoral da Saúde, Pastoral da Melhor Idade, Pastoral Vocacional, a transformação da Catequese de 1ª Eucaristia em Catequese Familiar (com o intuito de trabalhar a família dos catequizandos), Grupo de Casais, Pastoral da Criança (para trabalhar com grávidas e crianças de 0 à 5 anos), a mudança dos Círculos Bíblicos por Encontros Rumo ao Novo Milênio, que em seguida se tornaram Ser Igreja no Novo Milênio.

No início do trabalho como coordenadora, Marinete sente algumas dificuldades em relação aos locais para reunir as catequeses, por isso mobilizou o povo da diaconia para conseguir outros locais com uma estrutura mais adequada para realização das atividades pastorais.

Outro fato importante na Diaconia 10 foi a idéia da compra de um terreno para a construção da capela. Essa idéia, e anseio, foi oriunda da coordenação de Marinete, que começa a trabalhar com a equipe e a comunidade para atingir tal objetivo, realizando arraiais, cafés da manhã e outras promoções. Em 2006 a diaconia adquire seu terreno para futura construção da capela.

Outros fatos relevantes na diaconia para alavancar a fé dos agentes e do povo foram as Santas Missões, Visitas às Famílias, Visitas Missionárias e a realização da missa da Padroeira.

Durante os anos 90 até 2007, estiveram em atividade na diaconia algumas pessoas que se tornaram lideranças em nossa paróquia: Roberta Ferreira Coelho (Coordenadora da Diaconia 03, Ministra da Palavra e Assessora da Pastoral Litúrgica), Mª Mirtes Ramos Ribeiro (Coordenadora da Diaconia 06 e Ministra da Palavra), Rita Rocha (Coordenadora da diaconia 29 e Ministra da Palavra), Nazaré Ribeiro (Assessora da Pastoral da Melhor Idade e da Saúde), Antonio Nonato Lopes Ramos (Assessor da Pastoral da Crisma e agente da liturgia), Joaquim Hudson de Souza Ribeiro (atual pároco da Igreja São Pedro).

Outras pessoas também foram importantes e contribuíram nos trabalhos pastorais: Sebastião Farias (P. do Dízimo, Grupo de Casais e Catequese Familiar), Adriana Rocha (Catequese Familiar), Luiz Gonzaga Brito (P. Dízimo e Catequese Familiar), Andréa Ramos (P. da Criança e Cat. Familiar), Hiléia Farias (Pré-Catequese e P. da Criança), Varley Alves (Dízimo, Pré-Catequese, P. da Pré-Adolescência e Crisma), Nildo e Creuza Castro (Dízimo e P. da Saúde), Raimunda Almeida (P. Dízimo), Luiz Augusto Montenegro (P. da Perseverança), Márcia Alves (Pré-Catequese), Edval (P. do Dízimo), Nilton César Penha (Grupo de Jovens), Elcimara Almeida (P. do Adolescente), Elcicleide Almeida (P. do Adolescente), Elizabete Montão (Pastoral da Criança), Elson Brito (Pastoral Vocacional), Anderson Medeiros (Grupo de Jovens) e outros.

Em 2009 a Comunidade Nossa Senhora de Fátima, Diaconia 10, estava organizada da seguinte forma: Marinete Neves Pedrosa (Coordenadora); Carmelita Maciel e Francisca Mar Val (Pastoral da Criança); Adarildo Monteiro, Marilene da Silva, Fabíola Barbosa e a crismanda Brenda Rocha (Pastoral da Pré-Catequese); Raquel Freitas e Elcilene da Silva, com a ajuda de Edilce da Silva (Catequese Familiar); Rosângela Medeiros (Pastoral da Pré-Adolescente); Elson Almeida (Pastoral do Adolescente); Rayfran Rocha e Victor Hugo Pedroso (Pastoral da Juventude); Maria Pinto Medeiros, Maria Lúcia Lopes e Socorro Barbosa (Pastoral da Saúde); Fátima Duarte e Adriana da Silva (Pastoral da Melhor Idade); Verônica da Conceição Freitas, Marcelo Brito, Maria Barbosa da Silva (Pastoral do Dízimo); Ana Penha (Ministra da Eucaristia); Fátima Duarte (Ministra da Palavra).

Em 26 de fevereiro de 2012 tomaram posse, para um mandato de dois anos, Elson Brito de Souza e Kleberson Carvalho Farias.

Coordenações seguintes:

2014: Elson Brito de Souza e Jacira Furtado Lopes

2015-2016: Jacira Furtado Lopes