Comunidade São Judas Tadeu – Diaconia 02

“Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus, e os irmãos dele. (At 1,14)”

A atuação feminina na formação das comunidades da Igreja São Pedro Apóstolo foi muito significativa. Várias mulheres assumiram e continuam assumindo a missão de discípulas de Cristo, seguindo o modelo exemplar de “Maria, Mãe da Igreja”. Podemos lembrar com admiração e respeito de Júlia Trindade, mulher forte e perseverante na fé. Dona Júlia foi a primeira coordenadora da Diaconia 02, Comunidade São Judas Tadeu. Foi ela quem praticamente iniciou os trabalhos pastorais nessa comunidade.

História

O surgimento da Diaconia 02 se deu no início da década de 80, quando a comunidade era apenas uma área de serviços pastorais, sem nome, sem número e com poucas pessoas atuando na evangelização. Nesse período havia somente a catequese de Primeira Eucaristia, o Grupo de Perseverança e o Círculo Bíblico. Todas essas pastorais estavam sob a responsabilidade de Dona Júlia que também realizava as visitas do dízimo e era Ministra da Eucaristia. A equipe de evangelizadores era basicamente formada por seus filhos.

Como não havia um lugar próprio e fixo para as atividades de evangelização, os encontros pastorais eram realizados em fundos de quintais, casas e outros espaços cedidos pela comunidade. Com o passar do tempo, outras pessoas se juntaram à Dona Julia e a equipe aumentou. Após alguns anos, Dona Júlia se afastou da comunidade, pois fora morar no interior do Estado, e Océlio Vicente que já prestava assessoria nas atividades pastorais foi escolhido como novo coordenador da Diaconia. Júlia Trindade faleceu no ano de 2008 e, durante o tempo em que permaneceu na coordenação, desempenhou seu papel testemunhando e servindo de exemplo para muitos que ainda hoje atuam na vida da comunidade.

A necessidade de centralizar as reuniões dos grupos fez o Coordenador Océlio, juntamente com a Equipe de Serviço, trabalhar para a compra de um terreno e, posteriormente, para a construção de uma capela. Para arrecadar fundos foram realizados eventos como rifas, bingos, arraiais, entre outras promoções, sendo que a Paróquia São Pedro ajudou com mais de 50% do dinheiro.

Concretizada a compra do terreno, uma nova etapa se iniciou: a da construção da capela. Através de um mutirão, o terreno foi limpo e passou a servir de espaço para realização dos trabalhos pastorais. Depois de algum tempo a estrutura da capela foi erguida. No início eram apenas tijolos, uma construção rústica, sem nenhum acabamento e sem identificação. Mas, em uma reunião da Equipe de Serviço com a presença de alguns membros da comunidade, a Senhora Luzia Dácio, uma das moradoras mais antigas da comunidade, sugeriu que a capela se chamasse São Judas Tadeu. Segundo ela, esse seria o nome da Paróquia do Bairro de Petrópolis. Todos concordaram com a sugestão e a Diaconia 02 foi abençoada com o nome de São Judas Tadeu.

Em outubro de 1995, foi realizada uma celebração presidida pelo Dom Luiz e pelo Padre Sabino, onde foi colocada a pedra fundamental, simbolizando o dia da fundação da Capela São Judas Tadeu, do Bairro de Petrópolis. Infelizmente, algum tempo depois, essa pedra foi roubada.

Os trabalhos para arrecadação de fundos para o término da capela continuaram. Meses depois apareceu um casal, devoto de São Judas Tadeu, que não quis se identificar. Esse casal, para cumprir uma promessa ao Santo, se propôs a ajudar no término das obras da capela. E assim o fizeram.

A Capela São Judas Tadeu foi uma das primeiras a ser construída no Bairro de Petrópolis. Ela foi inaugurada em outubro de 1996 durante uma bonita celebração presidida pelo Padre Sabino. Nesta época, Francisca Trindade, filha de Julia Trindade, era, então, a nova Coordenadora da Diaconia. Océlio Vicente, por estar morando fora do bairro e tendo dificuldade de locomoção, havia pedido afastamento do cargo. Chiquinha, como é conhecida, foi durante muitos anos Agente da Catequese da Primeira Eucaristia, depois se tornou coordenadora e também assumiu a assessoria da Catequese de Primeira Eucaristia na Paróquia. Fruto de Júlia Trindade, Francisca Trindade também é uma das mulheres perseverantes na construção do Reino. Atualmente ela é catequista de Crisma e agente pastoral da Diaconia 04.

No ano de 2000 a coordenação foi transferida para a agente pastoral Hadaisse Viana (Daize) que era catequista. Nesta época a equipe de agentes era formada por 12 pessoas, distribuídas nas seguintes pastorais: Pastoral da Criança, Pré-Catequese, Grupo de Jovens, Adolescentes e Pastoral do Idoso. Após a saída de Hadaisse, Márcio Greick Nascimento assumiu a coordenação e Hadaísse passou a ser agente Pastoral da Melhor Idade.

Márcio prosseguiu ativamente na realização dos trabalhos na Diaconia 02 e foi substituído por Nonato Batista. Por motivo de trabalho, Nonato deixou a coordenação e continuou como agente pastoral da Catequese Familiar.

Em 2007, durante uma reunião de equipe de serviço, onde estava presente o atual pároco, Joaquim Hudson de Souza Ribeiro, foi escolhida a nova coordenadora da Diaconia 02, Aldinéia Batista (Néia). Aldinéia atuava na Catequese Familiar e hoje é coordenadora da Diaconia e catequista do grupo de Pré-Adolescentes.

Muitas pessoas passaram e colaboraram com a evangelização da Diaconia 02, atuando como agentes pastorais, como foi o caso de Ivo da Silva Costa, D. Eunice de Jesus, Lucas Nascimento (Catequistas de 1ª Eucaristia), Sonia Maria de Holanda Goes (1ª Coordenadora do Grupo de jovens JOCICRI – JOVENS CONSTRUTORES DA IGREJA DE CRISTO), Adalberto Garcia, Lusiane dos Anjos, Helen Paula dos Anjos e Joncinely Charry (Grupo de Jovens), Francisca Rose Silva (Agente do Dízimo), Khricia Lago (Catequista de Adolescentes), Waldenize Batista (Catequista da Pré-Catequese e depois Agente do Dízimo), Eline Trindade (Catequista da Pré-Catequese), Marco Antonio (Alfabetização de Adultos e depois Catequista da Crisma) e outros. Todas essas pessoas foram muito importantes para a Diaconia, pois contribuíram para o crescimento da fé dos cristãos da comunidade.

Em 2010 a equipe era formada por 12 agentes, que desenvolvem os seguintes trabalhos pastorais: Auxiliadora Duarte e Ângela Araújo (Pastoral da Criança); Jéssica Batista e Raimunda Duarte (Pré-Catequese); Nonato Batista (Catequese Familiar), Aldinéia Batista (Pré-Adolescentes), Luciene Viana (Adolescentes), Francimar Saldanha (Pastoral da Juventude), Hadaisse Viana (Melhor idade); Neide Duarte (Pastoral da Saúde), Elizabeth Garcia e Luriê Anjos (Pastoral do Dizimo).

Em 26 de fevereiro de 2012 tomaram posse, para um mandato de dois anos, as coordenadoras Mª Auxiliadora Duarte Batista e Luriê dos Anjos Araujo.

Coordenações seguintes:

2014: Luciene Viana Duarte Silva e Luriê dos Anjos de Araújo

2015-2016: Luciene Viana Duarte Silva