Comunidade São Tiago Maior – Diaconia 11

Diaconia 11 - São Tiago Maior

A mão do Senhor estava com eles e grande foi o número dos que receberam a fé e se converteram ao Senhor. (At 11, 21)”

No processo de evangelização, algumas dificuldades surgem e os trabalhos pastorais acabam sendo prejudicados. Várias comunidades de nossa paróquia passaram por altos e baixos durante a caminhada, mas devido o empenho de agentes pastorais conscientes e dedicados essas comunidades conseguiram se reerguer, mostrando força e determinação e tornando visível a ação de Deus que sempre se faz presente entre nós. Entre essas comunidades podemos citar a São Tiago Maior, Diaconia 11, cujo surgimento se deu na década de 80.

Situada nas proximidades do bairro de São Francisco, a área geográfica da Diaconia 11 englobava a Rua Leopoldo Carpinteiro Peres entre a Benjamim Constant e o Igarapé, Rua Benjamim Constant entre a Aristide Rocha e Cel. Ferreira de Araújo, incluindo o Beco Benjamim Constant, junto com as casinhas da vila Gutierrez que se encontravam neste local; Rua Raquel entre a Gualter Batista e Cel. Ferreira de Araújo; Rua Antonio Ribeiro; Rua Gualter Batista entre a Aristides Rocha e Leopoldo Carpinteiro Péres e os Becos Mossoró, Carpinteiro Peres, Mário Emiliano e o Basílio Pirro.

O primeiro coordenadores da Diaconia 11 foi o Sr. Francisco Bezerra (também atuou como Ministro da Eucaristia). Na sua época funcionavam as Pastorais da Criança, do Batismo, da Catequese de Primeira Eucaristia, Perseverança, Pastoral do Dízimo, Pastoral da Saúde e Pastoral da Juventude com o grupo denominado JUSC – JOVENS UNIDOS A SERVIÇO DE CRISTO. O grupo de jovens JUSC teve seu início em 1983 e, na época, contava com uma boa participação de jovens, se destacando anos mais tarde, durante a coordenação de Jonas Gomes da Silva, na década de 90. Atualmente o grupo está desativado. Após a gestão do Sr. Francisco, vieram outros coordenadores, entre eles a Sra. Lúcia (esta apenas conduziu a Diaconia sem tornar-se coordenadora); Marcilene Oliveira de Carvalho, que atuou entre 1992 e 1994 (também coordenou o grupo de jovens JUSC e foi catequista de Crisma na paróquia); a Senhora Maria das Neves, agente pastoral da Diaconia 07, que por algum tempo conduziu a comunidade; Ivete Bezerra e a Senhora Lourdes Ferreira, que assumiu a diaconia por três vezes.

Em várias situações, nem todas as pastorais estavam ativas, mas a diaconia nunca paralisou totalmente as suas atividades. Após alguns anos e também por iniciativa da paróquia, todas as diaconias passaram a ter o nome de um padroeiro. A Diaconia 11 passou a chamar-se Comunidade São Tiago Maior. Este nome foi escolhido pela paróquia, pois na época os membros da equipe sugeriram vários nomes, porém não conseguiram chegar a um consenso, ficando assim a decisão para o Pároco José Carlos Sabino.

Após a reorganização geográfica no território da paróquia, em 2000, a Diaconia 11 perdeu espaço, ficando um pouco menor, saindo as regiões citadas acima que se encontravam nas ruas Gualter Batista e na Benjamim Constant, e o Beco Mossoró.

Hoje são realizadas as seguintes atividades pastorais nesta pequena área: Catequese Familiar, Pré – Adolescente e Adolescente, Juventude, Dízimo, Ministros da Palavra e da Eucaristia. A Diaconia 11 tem um olhar todo especial para as Catequeses, pois é através delas que há um contato melhor com os pais.

Aos 25 dias do mês de setembro de 2005, a D. Lourdes, coordenadora da diaconia na época, dirigiu-se à sua equipe expondo que já se encontrava nesta função há muitos anos (a mesma exerceu a função por 3 vezes) e que gostaria de ficar em outras pastorais, e sugeriu então o nome da agente Maria Andréa Duarte Souza para que a mesma pudesse substitui-la como coordenadora, o que foi acatado por unanimidade pela equipe. Após esta reunião de Equipe foi realizada uma outra juntamente com o Pe. Sabino, para que o mesmo se posicionasse sobre o assunto. Pe. Sabino aceitou.

Então, no ano de 2006, Andréa Souza assumiu a coordenação da diaconia, permanecendo na função até os dias atuais. Anos mais tarde, veio a tornar-se também ministra da Palavra, enquanto D. Lourdes tornou-se ministra da eucaristia.

A Comunidade São Tiago Maior não possui capela nem um local de encontros fixo. Antigamente os encontros eram realizados no quintal da casa de Pedro da Silva Melo Filho (Pedrinho), situada à rua Antonio Ribeiro. Durante anos os encontros, reuniões e celebrações eram realizados neste local. Após algum tempo, quando Pedrinho solicitou o terreno, a comunidade ficou sem um espaço tão apropriado para realizar os serviços pastorais. Foi, então, que alguns moradores, cederam seus quintais e suas casas, onde atualmente são realizadas todas as atividades. Nossa comunidade cita, em agradecimento, o nome desses colaboradores: Sra. Norma, Tereza Ferreira, Mariza Gomes de Oliveira, Maria do Socorro Mendes dos Santos, Feliciana , Maria de Lourdes da Costa LIma e todos os seus familiares, entre outros, que sempre acolheram a equipe de evangelizadores e a comunidade em geral com muito carinho.

Uma grande dificuldade e também um grande desafio para a equipe de evangelizadores da Diaconia 11 é conseguir agentes pastorais para esta comunidade. Muitos agentes contribuíram na evangelização nesta parte do bairro, citamos o nome de alguns deles: Maria Jacirema Ferreira Gonçalves, Marcilene Oliveira de Carvalho, Aldeney Silva de Souza, Joaquina Raquel Passos Melo, Jonas Gomes da Silva, Valdejane Gomes de Brito e Lucivane Carla da Silva.

Em 2009 a Equipe de Evangelizadores da Comunidade de São Tiago Maior, Diaconia 11 estava composta pelos seguintes agentes pastorais: Maria Andréa Duarte Souza (Coordenadora e Ministra da Palavra), Maria de Lourdes Ferreira (Ministra da Eucaristia), Mariza Gomes de Oliveira (Catequista da Catequese Familiar), Welter Fernandes da Silva (Catequista da Catequese Familiar), Ana Célia de Souza dos Santos (Pastoral do Adolescente e Pré – Adolescente), Ana Cláudia Pimentel de Souza (Pastoral do Dízimo), Maria do Socorro Mendes dos Santos (Pastoral do Dízimo), Lúcio da Silva Souza (Pastoral Litúrgica), Yonara Cristina de Souza dos Santos (Pastoral Litúrgica).

Em 26 de fevereiro de 2012 tomaram posse, para um mandato de dois anos, as coordenadoras Ana Célia de Souza dos Santos e Yonara Cristina de Souza dos Santos.

Coordenações seguintes:

2014: Ana Célia de Souza dos Santos e Elaine Cristina N. dos Santos

2015-2016: Ana Cláudia Pimentel de Souza