Seminário sobre o Sínodo para a Amazônia

Sínodo para a Amazônia

A Fundação Amazonas Sustentável, em parceria com a Arquidiocese de Manaus e a Rede Eclesial Pan-Amazônica, realizará, entre os dias 7 e 9 de março, um seminário preparatório junto à sociedade civil para discutir os aspectos social, ambiental e econômico atuais da região, que deverá acontecer na sede da FAS e no auditório do Centro Arquidiocesano São José.
O evento, que será gratuito, foi motivado pelo Sínodo para a Amazônia convocado pelo Papa Francisco que vai ocorrer em outubro de 2019, em Roma. O seminário tem como objetivo envolver movimentos socioambientais, instituições acadêmicas, organizações não governamentais, lideranças inter-religiosas, empresariais e de instituições internacionais.

Espera-se analisar e debater as tendências diante dos cenários atuais de mudanças climáticas e políticas de desenvolvimento dos governos nacionais e subnacionais, além de identificar iniciativas promissoras que possam apontar caminhos para o desenvolvimento sustentável da região e delimitar recomendações e soluções para desenvolvimento sustentável na Bacia Amazônica.

“O mundo tem acompanhado as mudanças climáticas e a urgência dessa agenda. O sínodo sobre a Amazônia é uma mensagem para todos nós sobre a importância de cuidarmos da casa comum, e nada mais justo que as populações tradicionais estejam nesta agenda”, enfatizou o superintendente-geral da FAS, Virgílio Viana.

Para Dom Sergio este é um evento importante para a região e para a igreja que se preparou durante todo o ano de 2018 realizando escutas para conhecer a região e as necessidades de seu povo, dando voz a diversos atores da Amazônia, tanto na região urbana, quanto na rural, com os indígenas e ribeirinhos.

Entre os temas centrais debatidos no seminário estão a proteção dos rios e lagos por meio do manejo sustentável, como evitar ou minimizar impactos sociais e ambientais de grandes obras na Amazônia, a redução do desmatamento, como mitigar e/ou se adaptar às mudanças climáticas, a defesa dos territórios indígenas, como eliminar o tráfico de pessoas, a prostituição e os abusos contra mulheres e crianças e como as religiões podem contribuir estes desafios.

Informações sobre inscrições serão divulgadas em breve no site da Fundação Amazonas Sustentável (www.fas-amazonas.org).

Fonte: arquidiocesedemanaus.org.br

Foto: Felipe Irnaldo